Navio da Segunda Guerra Mundial participa da “Operação Cáceres”


Militares da Marinha brasileira ancoraram embarcações de médio porte, na tarde de quinta-feira (13), em Cáceres. Olhares curiosos estenderam-se sobre a baia do cais do porto, na Praça Barão do Rio Branco, quando começou a chegar o grupo de navios da Marinha do Brasil procedentes do Porto de Ladario-MS.

 

O Capitão Josinaldo de Sousa Sobrinho, da Agência Fluvial de Cáceres, declarou que “a operação dos militares da Marinha será conjunta com militares do 2º B-Fron   em exercício simulado e, individual, momento ímpar para se colocar em prática os ensinamentos e as doutrinas voltadas para a instrução militar”.

 

Para o transporte da tropa está sendo utilizado o Monitor Parnaíba, o mais antigo da Marinha brasileira, juntamente com três navios-patrulha, o navio-tanque Potengi e, uma lancha Leverger (transporte de tropa). No total, compõe a “Operação Cáceres” cerca de nove navios. Um contingente de fuzileiros fica responsável por fazer os desembarques ribeirinhos.

 

O Monitor Parnaíba e o Navio-tanque não chegaram à baía cacerense porque com a cheia do Rio Paraguai, a altura da ponte Marechal Rondon não permitia a passagem do mastros das embarcações.  

 

A “Operação Cáceres” é uma oportunidade para a Marinha, adestrar seus meios – pessoal e colocar em prática a parte material, disse o Capitão. Sobrinho enfatizou que é motivo de orgulho receber os militares vindos de Mato Grosso do Sul.  

 

Os militares ficarão na região de Cáceres, por cerca de duas semanas. São aproximadamente dois mil homens que atuam na operação. A chegada dos navios atraiu a atenção de dezenas de pessoas nas imediações de ancoragem.

 

Com a chegada dos militares, haverá inspeção naval, fiscalização de documentação de navegantes, materiais, coletes salva-vidas e, busca de ilícitos, nos principais rios da região. O Comandante informou que os militares inclusive já estiveram na quinta-feira (13), em Mirassol D’ Oeste e estenderam sua atuação até Indiavaí.

 

Durante a “Operação Cáceres”, o comandante disse que às sextas, sábados e domingos os navios ficarão abertos à visitação pública, quando a população poderá conhecer as embarcações e esclarecer dúvidas com os militares.

 

O navio Paranaíba atuou na Segunda Guerra Mundial.

Esse post foi publicado em Cáceres, Mato Grosso e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário ...... opine sobre o que você acabou de ver

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s