10 invenções antigas que você pensa que são modernas


 Todos os 10 itens dessa  lista foram inventados antes do nascimento de Cristo.

10 – Madeira compensada

madeira-compensada
A primeira ocorrência conhecida do uso de madeira compensada é do Antigo Egito, por volta de 3.500 a.C, quando os artigos de madeira foram feitos a partir de folheados colados transversalmente. Isso aconteceu devido a uma escassez de madeira nobre. Folhas finas de madeira de alta qualidade eram coladas sobre um substrato de madeira de qualidade inferior, para efeito estético. Esse modo de usar o compensado ocorreu várias vezes ao longo da história.

9 – Encanamento

Tubos de canalização de barro padronizados, com flanges largas seladas com asfalto para impedir vazamentos, apareceram nos assentamentos urbanos da Civilização do Vale do Indo, por volta de 2.700 a.C. Com o encanamento, as antigas civilizações, como a grega, romana, persa, indiana e chinesa, desenvolveram banhos públicos, forneciam água potável para a população e faziam a  drenagem dos resíduos. O aperfeiçoamento dos sistemas de canalização foi muito lento, com praticamente nenhum progresso feito desde o tempo do sistema romano de aquedutos até o uso dos canos de chumbo, já no século XIX.

8 – Patins de gelo

patins
De acordo com um estudo feito por Federico Formenti, da Universidade de Oxford, e Alberto Minetti, da Universidade de Milão, os finlandeses foram os primeiros a desenvolver patins de gelo, cerca de 5.000 anos atrás, a partir de ossos de animais. Isso foi importante para as populações finlandesas que precisavam economizar energia em condições de inverno rigoroso. O primeiro patim utilizando uma lâmina de metal foi encontrado na Escandinávia, sendo datado de 200 d.c, ele era feito com uma tira  de cobre dobrada e fixada na parte inferior de um sapato de couro.

7 – Perfume

Considera-se que a primeira química do mundo, tenha sido uma mulher chamada Tapputi, uma fabricante de perfumes mencionada em uma tábua cuneiforme, do segundo milênio a.C, na Mesopotâmia. Ela destilava flores, óleo e cálamo com outros compostos aromáticos, em seguida, filtrava, repetindo esse processo várias vezes. Recentemente, arqueólogos descobriram o que se acredita ser os perfumes mais antigos do mundo em Pyrgos, no Chipre. Os perfumes tem mais de 4.000 anos e foram descobertos em uma antiga perfumaria. Pelo menos 60 tigelas, funis e frascos de perfume foram encontrados nos 4 mil metros quadrados da fábrica. Quatro dos perfumes foram recriados a partir de resíduos encontrados no local.

6 – Metrologia e calibração

mecanismo-de-anticitera
Os habitantes da Civilização do Vale do Indo desenvolveram um sofisticado sistema de padronização, usando pesos e medidas, conforme evidências encontradas em escavações feitas na região. Sistemas de calibração também foram encontrados em dispositivos de medição, juntamente com várias subdivisões métricas no caso de alguns dispositivos. A metrologia existiu de uma forma ou de outra, desde a antiguidade. As primeiras formas de metrologia eram simplesmente padrões arbitrários estabelecidos por autoridades regionais ou locais, muitas vezes com base em medidas práticas, tais como o comprimento de um braço.

5 – Lentes

A lente de Nimrode é uma peça 3.000 anos, feita de quartzo, que foi descoberta por Henry Layard Austen no palácio assírio de Nimrode. Ela pode ter sido usado como uma lente de aumento, ou como um vidro para iniciar fogo, concentrando a luz solar. Os artesãos assírios fizeram gravuras intrincadas, e podem ter usado uma lente similar em seu trabalho. O cientista italiano Giovanni Pettinato, da Universidade de Roma, propôs que a lente foi usada pelos antigos assírios, como parte de um telescópio, o que explicaria porque esse antigo povo, tinha um conhecimento profundo de astronomia.

4 – Aquecimento central

hipocausto
As cidades do norte,  durante o Império Romano, usaram sistemas de aquecimento central a partir de cerca de 1.000 a.C. O ar aquecido por fornos era conduzido através de espaços vazios sob os pisos e por tubulações nas paredes – um sistema conhecido como um hipocausto. Hipocaustos foram usados ​​para aquecer os banhos públicos e casas particulares. O piso era elevado acima do solo por pilares, e espaços eram deixados dentro das paredes para que o ar quente e a fumaça do forno (praefurnium) passasse pelos aposentos, saindo pelas chaminés no telhado, aquecendo, mas sem poluir o interior da casa. Um sistema semelhante de aquecimento central foi utilizado na Coréia antiga, onde é conhecido como ondol. Na imagem acima você pode ver as seções sob o piso, onde o ar aquecido fluía.

3 – Cirurgia de catarata

catarata
Os primeiros registros da cirurgia de catarata são da Bíblia, bem como de escritos hindus. A cirurgia de catarata era conhecida do médico indiano Sushruta , no sexto século antes de Cristo. Na Índia, a cirurgia de catarata era realizada com uma ferramenta especial chamada Jabamukhi Salaka, uma agulha curva utilizada para soltar  e empurrar a catarata para fora do campo de visão. O olho então, era embebido com manteiga e depois enfaixado. Embora este método tenha sido  bem sucedido, Sushruta advertia que a cirurgia de catarata devia ser realizada apenas quando absolutamente necessária.

2 – Broca do dentista

Há evidências arqueológicas sugerindo que a odontologia já era praticada no Vale do Indo por volta de 7.000 a.C. Esta primeira forma de odontologia envolvia curar doenças dentárias utilizando-se brocas manuseadas por indivíduos qualificados. A reconstrução dessa antiga forma de odontologia mostrou que os métodos utilizados eram fiáveis ​​e eficazes. Cavidades de 3,5 mm de profundidade com ranhuras concêntricas, indicam o uso de uma ferramenta de perfuração. A idade dos dentes foi estimada em 9.000 anos.

1 – Cirurgia plástica

foto-iz-proshlogo-kotorye-stoit-uvidet_22
A cirurgia plástica é uma das mais antigas formas de cirurgia praticada. Operações de reconstrução de nariz, provavelmente foram realizadas na Índia antiga já em 2000 a.C, quando a amputação do nariz era uma forma de punição. Discursões sobre tal cirurgia também aparecem em antigos tratados gregos e romanos. Na foto acima, vemos Walter Yeo, o primeiro homem a se beneficiar da cirurgia plástica moderna. A imagem da direita foi tomada após Yeo receber um enxerto de pele.

Esse post foi publicado em CURIOSIDADE e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário ...... opine sobre o que você acabou de ver

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s