Assinatura de convênio confirma a presença da Unemat em Mirassol D’Oeste, Quatro Marcos e Araputanga


Os prefeitos de Mirassol D’Oeste, Elias Leal; São José dos Quatro Marcos, Carlos Bianchi; e de Araputanga, Sidney Salomé, assinaram ontem, 17, cada qual em seu gabinete, juntamente com o reitor da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), professor Adriano Silva, convênio para a oferta dos cursos de Administração e Ciências Contábeis em Mirassol; Pedagogia e Agroecologia, em Quatro Marcos; e, Zootecnia em Araputanga.

Os cursos estão inseridos no Programa Parceladas, em sistema de período semestral com 50 vagas cada um. Os novos acadêmicos procedentes do vestibular Específico 2014.1 realizado pela Unemat em 26 de janeiro iniciam as aulas no próximo mês.

“Estes convênios são o início de uma grande batalha para a melhoria da região. Com a criação destes cinco cursos somados aos outros cinco, todos na modalidade Parceladas, distribuídos em oito municípios da região Sudoeste, vislumbramos que a Região comece a encontrar meios para fazer parte do desenvolvimento de Mato Grosso que cresce 10 pontos percentuais ano. É preciso revocacionar está região para que ela participe deste crescimento”, explicou o reitor.

Os chefes do executivo classificaram a assinatura dos convênios como uma alavancada em prol do progresso na região. “A cidade tem 37 anos, almeja ensino superior, nós defendemos uma visão de atendimento pulverizado de educação e saúde. É muito importante trazer ensino superior para Mirassol. Os translados diários dos 10 ônibus que saem daqui mostram o tamanho da demanda. Quem sabe no futuro conquistamos um Núcleo. Queremos que a Unemat permaneça em Mirassol”, falou Leal que aproveitou a oportunidade para já pleitear um curso de Arquitetura.

Em São José dos Quatro Marcos, segundo o prefeito os acadêmicos sofrem do mesmo problema. “Alunos nas estradas todos os dias em busca de ensino superior em outros municípios. Eles enfrentam sacrifícios e riscos diariamente pelas estradas. Quatro Marcos já comporta um polo de Ciência Agrária”, afirmou Bianchi.

“Não consigo ver Araputanga sem a força do ensino superior, os funcionários da prefeitura são quase todos formados pela faculdade privada que existe no município desde 2000. Quando a turma de Zootecnia formar, a qualidade do nosso rebanho vai melhorar consideravelmente. Esta é a hora certa para o curso de Zootecnia vir para Araputanga”, comemorou Salomé.

Créditos: Assessoria/A.C.L/PMMDO

Esse post foi publicado em Mirassol, Mirassol D' Oeste e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário ...... opine sobre o que você acabou de ver

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s