Elias Leal prevê adequações na prefeitura de Mirassol que está com 52% da receita comprometida


O prefeito eleito de Mirassol D´Oeste, Elias Leal (PSD) avaliou como positivo e de fundamental importância o encontro “Novos Gestores”, realizado em Poconé, nos dias 4 e 5, pela Confederação Nacional dos Municípios e a Associação Mato-grossense dos Municípios, reunindo prefeitos de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia.

Segundo ele, uma das principais preocupações dos gestores que assumem a partir de janeiro de 2013, é em relação as transferèncias de obrigaçãoes aos municípios pelo Governo Federal, aliada à redução do repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), fatores que implicam em maiores investimentos em obras emergenciais a serem feitas.

Diante disso, o prefeito eleito de Mirassol D´Oeste entende que terá que adotar de início “medidas caseiras” e talvez até “amargas”, a começar pelo enxugamento da máquina administrativa e melhorar o sistema de arrecadação de impostos, sem elevação de valores, para que haja mais arrecadação de recursos para serem aplicados, principalmente nos setores de Saúde, Educação, Agricultura e Saneamento Básico (Esgoto e Asfalto).

Essas medidas serão necessárias, conforme o prefeito eleito, porque atualmente a prefeitura de Mirassol não tem planejamento nenhum sobre suas ações.

“Prova disso, que pelos dados levantados pela minha equipe de transição, apontam um comprometimento da receita em torno de 52% – o limite permito pela LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) é de no máximo 54% da arrecadação, que oscila hoje em torno de R$ 3 milhões de reais, com a folha de pagamento dos servidores, que ultrapassa 500, sendo mais de 70 contratados, fora os comissionados. Isso é inadimissível”, asseverou Elias Leal, reafirmando a necessidade urgente de promover adequações para reduzir despesas com funcionalismo público e incrementar a arrecadação sem o aumento de impostos. Uma das alternativas, segundo o prefeito eleito, será a implantação do Plano de Cargos, Carreira eSalário dos Servidores.

Diante deste quadro, na visão de Elias Leal, Mirassol D´Oeste passa realmente por um momento de muitas dificuldades e para minimizar essas carências o planejamento de ações a serem executadas será outra das medidas a serem adotadas pelo seu futuro governo, para que possa cumprir com as metas, aplicar os recursos para que a população tenha melhor qualidade de vida.

“Acredito que assim a prefeitura terá recursos para fazer o que é necessário. Até porque, nós temos o compromisso com o povo de Mirassol D´Oeste de fazer uma administração competente, honesta e transparente, no sentido de tornar realmente o nosso município em um pólo regional de desenvolvimento sócio-econômico”, enfatizou ele.

Essas dificuldades que encontrará pela frente, conforme Elias Leal, não as intimida a viabilizar em um curto espaço de tempo duas das suas principais propostas de campanha, que são a instalação de um hospital municipal e cursos superiores através da Unemat e faculdades particulares.

“Vamos cumprir com todas elas”, assegurou, esperando contar com o apoio da maioria dos vereadores eleitos e reeleitos e da população nas mudanças que considera imprescendíveis que pretende implementá-las já nos primeiros meses de 2013.

Esse post foi publicado em Mirassol, Mirassol D' Oeste e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário ...... opine sobre o que você acabou de ver

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s