Pessoas que viviam há anos com objetos no corpo


Safdar Ali Shah, de 36 anos, exibe raio-X que mostra a pinça em seu corpo. (Foto: Akhtar Soomro/Reuters)Safdar Ali Shah, de 36 anos, exibe raio-X que mostra a pinça em seu corpo. (Foto: Akhtar Soomro/Reuters)

Imagem de raio-X mostra uma agulha de 2,5 centímetros que ficou por 20 encravada na cabeça da chinesa Zhou Chaozheng, que mora na província de Hunan. Ela passou por uma cirurgia em outubro de 2010 após começar a sentir dores de cabeça depois de dar à luz. (Foto: Barcroft Media/Getty Images)Imagem de raio-X mostra uma agulha de 2,5 centímetros que ficou por 20 anos encravada na cabeça da chinesa Zhou Chaozheng, que mora na província de Hunan. Ela passou por uma cirurgia em outubro de 2010 após começar a sentir dores de cabeça depois de dar à luz. (Foto: Barcroft Media/Getty Images)
Em 2011, o britânico Tommy Bennett  descobriu após realizar um raio-X que viveu por mais de 40 anos com um chumbinho alojado em sua mandíbula. Bennett, que mora em Washington, na Inglaterra, havia se submetido a exames de rotina antes do tratamento odontológico quando os técnicos descobriram o projétil. (Foto: Reprodução)Em 2011, o britânico Tommy Bennett descobriu após realizar um raio-X que viveu por mais de 40 anos com um chumbinho alojado em sua mandíbula. Bennett, que mora em Washington, na Inglaterra, havia se submetido a exames de rotina antes do tratamento odontológico quando os técnicos descobriram o projétil. (Foto: Reprodução)
Em 2007, a chinesa Jin Guangying descobriu que viveu durante 64 anos com uma bala alojada em sua cabeça. Ela foi ferida por um disparo japonês durante a Segunda Guerra Mundial. (Foto: Reprodução)Em 2007, a chinesa Jin Guangying descobriu que viveu durante 64 anos com uma bala alojada em sua cabeça. Ela foi ferida por um disparo japonês durante a Segunda Guerra Mundial. (Foto: Reprodução)
Em 2009, os médicos retiraram um pedaço de plástico de três centímetros do pulmão esquerdo do norte-americano John Manley, que sofria com crises de tosse. Ele provavelmente inalou o objeto havia dois anos. (Foto: AP)Em 2009, os médicos retiraram um pedaço de plástico de três centímetros do pulmão esquerdo do norte-americano John Manley, que sofria com crises de tosse. Ele teria inalado o objeto havia dois anos. (Foto: AP)
Esse post foi publicado em CURIOSIDADE e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário ...... opine sobre o que você acabou de ver

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s