Pulmão inflável de 220 metros quadrados será instalado em Cuiabá na próxima semana


Um pulmão inflável com 220 metros quadrados, com capacidade para abrigar cerca de 100 pessoas, será instalado em Cuiabá na próxima semana. A partir da terça-feira (16.10), a população poderá visitar o espaço, que faz parte do projeto ‘Mato Grosso sem Fumaça’. A ação visa informar a população sobre os malefícios causados pela fumaça das queimadas, cigarro e fogão à lenha. Os três temas serão abordados no interior do pulmão inflável, que contará com salas e mini auditório. A estrutura será montada na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e ficará aberta ao público até o dia 21 de outubro.

 

 

O projeto é desenvolvido pelo Ministério Público Estadual (MPE) em parceria com as Secretarias de Estado de Educação (Seduc), Saúde (SES) e Meio Ambiente (Sema), UFMT, Sociedade Mato-grossense de Pneumologia, Tribunal de Justiça e Corpo de Bombeiros. De acordo com a promotora de Justiça que atua na Defesa do Meio Ambiente Ana Luíza Ávila Peterlini de Souza, a estrutura inflável permite a divisão do espaço em três salas com capacidade para 20 pessoas cada uma e um mini auditório com capacidade para 60 pessoas.

 

Segundo ela, além de alertar a população sobre os problemas de saúde ocasionados pela fumaça, o projeto visa sensibilizar a sociedade sobre as danos causados ao meio ambiente. “Mato Grosso é um Estado que tem crescido muito economicamente, porém, esse crescimento tem sido desordenado, provocando ações descontroladas de desmatamento e queimadas. O uso do fogo é uma prática tradicional, mas, existem técnicas e alternativas que podem e devem ser utilizadas para evitar essa prática”, afirmou.

 

No interior do ‘pulmão’, serão apresentadas informações sobre os temas, por meio de painéis interativos, vídeo, exposição de peças anatômicas do corpo humano, fotos, percepções olfativas e auditivas. Além disso, técnicos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) apresentarão as atividades de monitoramento das queimadas e desmatamento realizadas no Estado. Os estudantes receberão material de apoio como fascículos pedagógicos referentes à Educação Ambiental. Todas as visitas serão acompanhadas por técnicos e profissionais da área. Já os grupos de estudantes serão acompanhados por cerca de 100 monitores.

 

Para garantir a inclusão social, pessoas com cadeira de rodas poderão circular por todo o espaço e o tour será acompanhado por intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Já na área externa, o Corpo de Bombeiros apresentará os projetos ‘Brigada do Pantanal’ e ‘Bombeiros do Futuro’, bem como realizará simulações de treinamento e exposição de veículo de combate a incêndio e salvamento.

 

As escolas municipais e estaduais interessadas em visitar o ‘Pulmão’ poderão fazer o agendamento na Gerência de Educação Ambiental da Seduc, por meio do telefone 3613-6475. A estrutura será instalada no estacionamento da UFMT, próximo ao Ginásio de Esportes. As visitas poderão ser agendadas das 8h às 11h e das 13h às 17h.

 

 

Esse post foi publicado em Mirassol e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário ...... opine sobre o que você acabou de ver

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s