Mamute de 30 mil anos é encontrado por garoto


Um garoto de apenas 11 anos de idade encontrou uma carcaça de mamute em boas condições de conservação na Sibéria.

Um garoto de 11 anos de idade estava andando quando tropeçou em algo inusitado. O objeto em questão era a carcaça de um mamute de mais de 30 mil anos de idade. Em homenagem ao garoto, o mamute vem sendo chamado de Zhenya, que é seu apelido. Mas o animal foi oficialmente batizado de Sopkarga.

De acordo com o jornal russo Moscow News, o mamute encontrado pelo garoto Yevgeny Salinder e que pesa 500 kg estava na tundra da península de Taymyr, ao norte da Rússia. A retirada da carcaça levou uma semana e exigiu a utilização de machados e vapor para cavar o gelo no qual o animal se encontrava por séculos.

Apesar de ser um grande achado, mamutes não são tão raros de serem encontrados na Sibéria. Este, contudo, está em ótimas condições de preservação. Então os planos são de que ele seja levado para estudos antes de ficar permanentemente exposto no Museu de História Natura de Taymyr.

Como disse a New Scientist, a experiência deve ter sido ou muito excitante ou muito traumática para o garoto.

Deixe um comentário ...... opine sobre o que você acabou de ver

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s