Era só o que faltava!


 

Companheira-trabalhadeira da foto vende em média 300 doses de caipirinha em um dia fraco.

Ela cobra apenas R$ 5,00 pelas primeiras doses e R$ 10,00 pelas últimas, porque tem de deitar em cima do cliente para que a “marvada” saia pelo bico da mamadeira.

Resumindo:

Não é o ‘mensalão’, mas também não
existe crise: o que realmente existe é
falta de imaginação e de criatividade.

E vontade de “garrá” no
cabo do guatambu, claro.
 

Deixe um comentário ...... opine sobre o que você acabou de ver

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s