Homem é suspeito de matar a mulher com enxada e queimar o corpo


Foto: (Foto: Aliny Mary Dias/G1 MS)

Quarto da casa ficou destruído depois do incêndio em Campo Grande

Quarto da casa ficou destruído depois do incêndio em Campo Grande

Um homem de 59 anos foi preso suspeito de matar a mulher, de 36 anos, a golpes de enxada, queimar o corpo e a residência em que os dois moravam, em Campo Grande, na noite de sábado (30). Segundo informações do boletim de ocorrência, registrado neste domingo (30) na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do bairro Piratininga, o marido negou o crime, disse que a vítima cometeu suicídio e que tentou salvá-la.

Vizinhos que prestaram depoimento confirmam que o casal brigou antes da morte. Uma dessas testemunhas, Everton Araújo, de 24 anos, disse ao G1 que discussões entre eles eram frequentes. “Uma vez o homem guardou a moto dele em minha casa porque a mulher queria quebrá-la por causa de ciúmes”, afirma.

No entanto, Araújo e outros vizinhos não confirmam a versão do suspeito, inclusive de que ele teria tentado socorrer a mulher.

Peritos encontraram no local da morte a enxada, que tinha marcas de sangue, e um galão de combustíveis. Os objetos serão analisados para saber se foram usados no crime. O caso será investigado, a princípio, como homicídio qualificado.

Ainda conforme a polícia, em outubro de 2012 a mulher chegou a registrar um boletim de ocorrência por violência doméstica contra o marido, que será repassado ao delegado que responderá pelo inquérito.

Contradição
Conforme o registro, o suspeito deu depoimentos divergentes ao delegado plantonista de Depac. Primeiro afirmou que arrombou a porta dos fundos casa para salvar a mulher e chamou os vizinhos. Na segunda versão, o suspeito disse que primeiro chamou os vizinhos e depois arrombou a porta da casa.

O suspeito disse ainda que a mulher gritou por socorro, mas um carro de som que estava estacionado em frente à casa impediu que os vizinhos ouvissem. Porém, os vizinhos disseram à polícia que não havia carro de som na rua no momento do incêndio.

Deixe um comentário ...... opine sobre o que você acabou de ver

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s