ASSIM É A VIDA: Capitulo 1


CENA 01

– 1989 –
AMANHECE O DIA – EM UMA PRAÇA – DIEGO E MADALENA ABRAÇADOS:

DIEGO: Eu te amo hoje e sempre… Nunca duvide do meu amor por ti!
MADALENA: Eu nunca duvidei… Mais você tem que me prometer uma coisa!
DIEGO: Eu prometo, o que for.
MADALENA: Não importa o que acontecer, um dia agente vai realizar todos os nossos sonhos.
DIEGO: Não importa o que aconteça e eu tenho certeza que vamos.

MADALENA CHORA

DIEGO: Por que essas lágrimas? Ta acontecendo alguma coisa?
MADALENA: Eu te amo demais, isso basta pra mim derramar lágrimas de felicidade.

ELES DÃO UM SORRISO LEVE E SE BEIJAM


CENA 02

CASA DE ROMERO – DIEGO CHEGA

ROMERO: A Madalena não veio com você?
DIEGO: Não deu pra ela vim, teve que ir embora, os pais dela já estavam ligando.
ROMERO: Aconteceu alguma coisa? Você tá diferente…
DIEGO: É que…
ROMERO: Ela te contou, é isso?
DIEGO: Contou? Contou o que? O que você sabe que eu não sei?
ROMERO: Ai Diego, isso não é coisa que eu me meta, desculpa, mais eu não posso me meter, se ela não te contou, ela vai te contar.
DIEGO: Por favor Romero, me fala, eu senti que ela estava estranha, falando coisas que nunca me falou, pelo menos não daquele jeito!

 ROMERO OUVE SUA MÃE CHAMAR SEU NOME

ROMERO: Vou ir lá ver o que ela quer… Deve ser pra arrumar alguma mala.
DIEGO: Ainda tem mais isso… O que vai ser de mim sem meu melhor amigo aqui? Pra me apoiar e ajudar?
ROMERO: Não fala assim, você sempre vai ser como um irmão pra mim e meus 18 anos estão chegando, jura que eu não volto pro Brasil correndo.
DIEGO: É né, vê se não esquece dos amigos.
ROMERO: Agora deixa eu ir lá ver o que ela quer, se não sabe né…

CENA 03

QUARTO DE TEREZA E JOEL, ELES ARRUMANDO AS MALAS, ROMERO ENTRA

TEREZA: Quem ta ai?
ROMERO: Diego, por que mãe?
TEREZA: Você ainda fala com ele? A Madalena daqui a pouco chega e ele ta aqui.
ROMERO: Ele já ta indo, pode deixar.
TEREZA: Eu não te entendo sabia? Você rouba a mulher dele e ainda fala com o cara na maior cara de pau!
ROMERO: Não mãe… Eu vou chegar e falar pra ele não falar mais comigo, por que eu já consegui o que eu queria, não é assim.
JOEL: Por que não? Fez as coisas tem que sofrer as consequências.
ROMERO: Essa não é a questão pai, pelo menos eu falando com ele, estou por dentro das coisas, sei que a Madalena realmente esta dando um chega pra lá no babaca.
JOEL: Você acredita demais nessa garota.
ROMERO: Eu a amo desde o primário pai, e você não tem o direito de falar dela.
JOEL: Você lá sabe o que é amor, ela só ta indo contigo, pela vida que vai ter ao teu lado.
ROMERO: Não me diga… Assim como a mãe, só se casou contigo pelo teu dinheiro e por isso que te atura até hoje.
TEREZA: Vocês parem com essa briguinha idiota, ta resolvido, ela vai com agente.

CENA 04

DIEGO: Romero, eu não vou embora enquanto não me disser o que tu sabe, que eu não sei.
ROMERO: Ta bom, mais não fala que fui eu que falei, em momento algum.
DIEGO: Pode deixar.
ROMERO: Ela ta esperando um filho teu!
DIEGO: Um filho?
ROMERO: É… Acho que por isso ela tava estranha, de certo estava com medo da tua reação, ou algo assim.
DIEGO: Meu Deus… Eu preciso ir.
ROMERO: Tchau e Boa Sorte.

DIEGO SAI APRESSADO


CENA 05

– 2012 –
EM UM FAROL – THÉO E SELENA NA PRAIA FELIZES 
CORTA PARA/: ELES TOMANDO CAFÉ 
PELA JANELA VEÊM DEMI CHEGAR EM CASA DE TÁXI – ELA ENTRA

SELENA: A Demi não dormiu em casa de novo?
THÉO: Adivinha…
DEMI: Gente, conheci um homem maravilhoso.
SELENA: Outro?
DEMI: Sabe por que eu não vou nem perder tempo falando pra vocês? – Por que eu tô muito feliz pra ouvir as lorotas que vocês tem pra mim falar.
THÉO: Não fala assim com a tua irmã, Demi.
DEMI: Não te mete, renegado.

SELENA SE LEVANTA FURIOSA DA MESA:

SELENA: Se você quer continuar com esse sorriso no rosto, é melhor parar com as provocações…
DEMI: Tudo bem, tudo bem, tô indo pro meu quarto.
ELA SAI
SELENA: Eu não sei mais o que eu faço com ela, sinceramente eu não sei.
THÉO: Ela parece meio avoada, mais tem cabeça Selena.
SELENA: Eu espero estar enganada, mais se ela continuar assim, a vida vai cobrar muito dela.
THÉO: Ela só se culpa pelo desaparecimento do pai.
SELENA: Mais ela não precisa, não foi culpa dela.
THÉO: Não é isso que ela acha meu amor, e é essa culpa que faz ela ser desse jeito.
SELENA: Mais não é só ela que sente falta dele, se fosse assim eu deveria me culpar também, mais não…
THÉO: Eu sei amor, mais ele vai voltar, eu ainda tenho fé nisso.
SELENA: Eu rezo todos os dias pra meu desejo se realize… E que ele venha com aquele barco, todo feliz, todo alegre… Que ele venha de novo pra gente.

CENA 06

CASA DE DIEGO – DIEGO CHEGA:

DIEGO: Cadê a Julia?
CELINA: Foi na Priscila!
DIEGO: Faz muito tempo?
CELINA: Uma hora mais ou menos…
DIEGO: Liga pra ela e pede pra ela vim embora… Enquanto isso eu vou tomar um banho, que o dia no Bar hoje foi brabo.
SAMARA: O senhor pedindo pra Julia voltar pra casa? O tempo vai mudar ou é impressão minha?
DIEGO: Apenas quero minhas filhas aqui comigo, depois de um dia longo de trabalho.
SAMARA: Que coisa mais linda, cheguei a ficar emocionada agora.
DIEGO: Eu tô muito cansado pra discutir contigo Samara.
– Celina, faz esse favor pro pai?
CELINA: Faço sim.
DIEGO: Licença.

CENA 07

 – PARIS –
 
NO QUARTO:

MADALENA: Depois de tantos anos aqui, saber que amanhã vamos estar no Brasil, é tão estranho.
ROMERO: Por que? Você tem medo de algo?
MADALENA: De novo essa conversa Romero? De novo colocando o passado no presente? Eu apenas me acostumei com a vida aqui, não sei como anda o Brasil, não sei como vai ser minha vida lá, entendeu?
ROMERO: Ta bom… Vai ser igual aqui, só muda o lugar e você sabe muito bem por que nós viemos parar aqui! Você sabe bem que foi essa maldita doença que me fez sair de lá, da minha vida, da minha empressa.
MADALENA: Eu sei Romero, eu sei que sim, mais não fica alterado por que não mudou só a tua vida, olha pros outros e perceba que a nossa vida também mudou.
ROMERO: Vou trabalhar.

ELE SAI


CENA 08 

ROMERO PASSA PELA SALA E LIA O CHAMA

LIA: Pai, me diz que você desistiu dessa idéia de ir morar no Brasil, por favor.
ROMERO: Minha princesa, já conversamos sobre isso.
LIA: Eu não me conformo, não me conformo de ter que sair de Paris, pra ir morar em um país como o… Brasil.
ROMERO: Posso te prometer uma coisa?
LIA: O que?
ROMERO: Você vai adorar o Brasil, não sabe como é lindo.
LIA: E sei também como é pobre.
ROMERO: Não fala assim, lá é o país que você nasceu.
LIA: E aqui é onde eu cresci e construí minha vida.
ROMERO: Você só tem 16 anos, meu amor, tem muita vida pela frente.
LIA: Eu não me conformo!

RONALDO CHEGA NA SALA E SE METE NA CONVERSA:

RONALDO: O que a mimadinha ta falando ai?
LIA: Eu acho que ninguém te chamou na conversa Ronaldo.
RONALDO: Lia, você é muito grossa sabia?
LIA: Apenas sou realista, ninguém te chamou ou pelo menos eu não ouvi.
RONALDO: Você precisa é de uma bela lição…
ROMERO: Vocês param de discutir… Tô indo trabalhar e não quero ninguém brigando aqui.

CENA 09

NO ESCRITÓRIO – ROMERO CHEGA A SECRETÁRIA – LÍVIA – SE LEVANTA:

ROMERO: Daqui 5 minutos na minha sala e leva um café por favor.
LÍVIA: Sim senhor.

ELE ENTRA NA SALA DELE E SE SENTA, LÍVIA CHEGA COM O CAFÉ E SENSUAL VAI ATÉ A MESA DELE, COLOCANDO O CAFÉ EM CIMA:

LÍVIA: Mais alguma coisa?
ROMERO: Vem aqui, quero que você arrume essa papelada para mim.
LÍVIA: C om licença.

ELA SE SENTA NO COLO DELE – ELE A PEGA POR TRÁS E EM UM MOVIMENTO QUENTE ELES SE BEIJAM… /: CORTA


CENA 1O

DIAS DEPOIS
 
BRASIL – AEROPORTO – ELES SAEM DO AEROPORTO E MADALENA FICA SERIA OLHANDO PARA O MOVIMENTO NAS RUAS – ELA LEMBRA DO ULTIMO ENCONTRO COM DIEGO (CENA 01 – CAPÍTULO 01) – ROMERO INTERROMPE SEUS PENSAMENTOS:

ROMERO: Acorda mulher, o táxi ta esperando.
MADALENA: Vamos.

NO TÁXI ELES PASSAM PELA PRAIA:

RONALDO: Como eu senti falta desse clima.
LIA: Pois eu odeio esse clima, essa areia não faz bem pro meu cabelo, tudo aqui não me faz bem.
MADALENA: Você se acostuma filha, o Brasil, a praia, é tudo lindo.
LIA: Só eu que vejo o que isso realmente é? É o fim!

CENA 11

ELES CHEGAM EM CASA – VALENTINA E O MOTORISTA, DANIEL ESTÃO NA SALA OS RECEPCIONANDO:

VALENTINA: Sejam bem vindos.

ROMERO A ENCARA E ELA RETRIBUI O OLHAR

 

Continua……..

amanha as 19:00 horas aqui no MAIS MIRASSOL

Esse post foi publicado em ASSIM É A VIDA e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para ASSIM É A VIDA: Capitulo 1

  1. Gabriel zagat disse:

    Adorei a historia vou acompanhar, muito boa impressionante

    Curtir

Deixe um comentário ...... opine sobre o que você acabou de ver

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s